Acrobatismo por Cassiano Ricardo


Parou o vento. Todas as árvores
quiseram ver o salto original.
Então,
quedaram-se todas
com os seus anéis azuis de orvalho,
e os seus colares de ouro teatral,
prestando muita atenção.
Foi como se um silêncio fofo de veludo
começasse a passear seus pés de lã por tudo.
Nisto uma folha
sai, muito viva, de uma rama,
e vai cair sem o menor rumor
sobre o tapete de grama.
É um louva-a-deus lépido e longo
que se jogou de um trapézio
como um pequeno palhaço verde
e lá se foi, a rodopiar,
às cambalhotas
no ar.

Anúncios

Sobre Carmen Goncalves

Entusiasta da Arte de Escrever!
Esse post foi publicado em Crônicas & Poesias e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Acrobatismo por Cassiano Ricardo

  1. Lu Rocha disse:

    Muito obrigada, Carmem Gonçalves .Essa poesia faz parte da minha infância. A minha mãe a lia para nós, no livro de Português do meu pai…Em Janeiro ela faleceu.E hoje qdo parou o vento, eu me lembrei de partes dela. Maravilhosa! Existe outras poesias que a minha mãe soube conservar na memória por toda a vida. Vou publicando -as no facebook para homenageá -lá. .Grata,muito grata…

    Curtir

O que isso lhe fez Pensar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s