Arquivo do mês: fevereiro 2013

“Mulheres Inteligentes Sabem…”


Outro dia vi esse livro: Folheei rapidamente e vi que tinham trechos que eram do conhecimento comum, mas ignorados propositalmente, uma forma de boicote pessoal que a maioria das mulheres se leva a fazer. Talvez pela carência, talvez pela necessidade … Continuar lendo

Publicado em Amizade, Cidades, Crônicas & Poesias, Diversidades, Mundo Feminino, Opinião | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Prosseguir Sempre! (ou Mulheres em Construção)


Tenho uma amiga que me inspira muito. Ela teve sua história de frustração, de luta, de dor de cabeça, de trabalho, de estresse… mas não desistiu. Soube usar a sua paixão pra superar, atravessar o momento e… 7 anos depois, … Continuar lendo

Publicado em Amizade, Crônicas & Poesias, Cristandade, Diversidades, Mundo Feminino, Opinião | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Aos Meus Filhos


De tudo que planejei, de tudo o que sonhei, de tudo o que imaginava, de tudo o que plantei, Vocês, meus filhos, são minha obra realizada, a perfeição encarnada de um amor imortal. Minhas estrelas eternas, meus sonhos de candura, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Vendaval (Fernando Pessoa)


Ó vento do norte, tão fundo e tão frio, Não achas, soprando por tanta solidão, Deserto, penhasco, coval mais vazio Que o meu coração! Indômita praia, que a raiva do oceano Faz louco lugar, caverna sem fim, Não são tão … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Poema em Linha Reta (Fernando Pessoa)


Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo. E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil, Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita, Indesculpavelmente sujo, Eu, que tantas vezes não tenho tido … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Isto (Fernando Pessoa)


Dizem que finjo ou minto Tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto Com a imaginação. Não uso o coração. Tudo o que sonho ou passo, O que me falha ou finda, É como que um terraço Sobre outra coisa ainda. … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Cartas de Amor (Fernando Pessoa)


Todas as cartas de amor são ridículas. Não seriam cartas de amor se não fossem ridículas. Também escrevi em meu tempo cartas de amor, Como as outras, ridículas. As cartas de amor, se há amor, Têm de ser ridículas. Mas, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Amei-te e por te amar… (Fernando Pessoa)


Amei-te e por te amar Só a ti eu não via… Eras o céu e o mar, Eras a noite e o dia… Só quando te perdi É que eu te conheci… Quando te tinha diante Do meu olhar submerso … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Sobre o que Escolho Ficar na Minha Vida


Conversava uma manhã destas com uma amiga, quando a conhecida frase “tudo que é seu volta pra você” surgiu. Estanquei e discordei, parcialmente. Disse à amiga que nossos problemas, lições, desafios, lutas, a gente pode até tentar contornar, fugir, fazer … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

O Bom da Vida


Minha amiga de adolescência, respondendo minha enquete sobre temas pra serem abordados no blog, disse-me: Fale sobre o bom da vida! Me fez sentir Khalil Gibran em “O Profeta”…rss E lhe retruquei: E o que é o bom da vida? Para ela, naquele dia, era … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário