Arquivo da tag: carmen goncalves

Silent Mess, Silent Effort


Into my own mess, my efforts may so aligned words, points and papers. Have you saw me through all this way? Do you know have touched me in my essence? May have you permissioned me touch your wings, poor fallen … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Outro diálogo com Pessoa


Os Realistas e os Românticos Os realistas fazem as pequenas coisas e os românticos as grandes. Um homem tem de ser realista para poder gerir uma fábrica de tachas. Tem de ser romântico para gerir o mundo. É necessário um … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Humano, Inumano, Desumano


Costumamos atribuir aspectos socio-emocionais positivos (como empatia, solidariedade, caridade, etc.) como “Humano”. Normalmente diz-se “Fulano é uma pessoa humana.” ou “O serviço de saúde precisa ser HUMANIZADO”, quando na verdade a transcendência que nos dá essas características vêm do numinoso, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Cristandade | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A Poesia na minha vida


A poesia está presente na minha vida, da prateleira ao blog, passando pela minha rua, que também tem nome de poeta, onde já não mando ladrilhar nada. A poesia, talvez, narre o inconsciente, e por isso a intensidade de impopular … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A Mulher-Esqueleto II


A noite do resgate chegou. Ainda tremo de frio e temor. Ainda meus ossos estão a ver Ainda não tenho forças p’ra bater O ritmo compasso do tambor. A carne que almejo, O destino que segredo, Nos fios de cabelo … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Chuva Atrasada


Nunca nesta terra que nasci Pareceu-me de chuva precisar Pois ela que tudo vinha alagar, Não deu mostras de míngua Até esse ciclo começar. Pois eis que depois de muitos dias Sem que de sua graça desse mostra (ainda que … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Poema da Tradução da Chuva


Se de manhã a chuva cai Como mil pedaços de algodão, É porque aqui se esvai Arrependimentos do coração. Se ela cai forte, retumbante, Sem piedade ao forasteiro, A quem perto ou distante Perturba-se antigo devaneio Agora em dor excruciante. … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Histórias que Não Contarei – trechos VII


E a aprendiz escreveu ao mestre Sufi, por quem se apaixonara, e no qual sentia que a atração era recíproca: “Caro mestre, Já esteve em um daqueles momentos em que há tantas coisas que quer dizer, a cabeça e a … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Mãe x Egoísmo


Ser mãe é acima de tudo – penso eu – aprender a ser alguém melhor todos os dias. É o esforço diário ou diria mais: é o esforço contínuo (várias, inúmeras vezes ao dia) de se ser sempre melhor, de … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Rabisco


Rabisco, rabisco, meu risco, teu juízo. rabisco, abstrata, absurda, encantada! rabisco teu giz, meu ofício, de ti aprendiz! rabisco, rabisco e rasgo mais uma poesia malograda. Rabisco…, sendo, és meu cisco, rima onde me enfeitiço, segredo baré, meu amor-rebuliço. Rabisco teu … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário