Arquivo do mês: julho 2011

Táctica y Estrategia, por Mario Benedetti


Táctica y estrategia Mario Benedetti Táctica y estrategia Mario Benedetti Mi táctica es mirarte aprender como sos quererte como sos mi táctica es hablarte y escucharte construir con palabras un puente indestructible mi táctica es quedarme en tu recuerdo no sé cómo ni sé con qué pretexto pero quedarme en vos mi … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Arte Poética, por Mario Benedetti


Que golpee y golpee hasta que nadie pueda ya hacerse el sordo que golpee y golpee hasta que el poeta sepa o por lo menos crea que es a él a quien llaman. ……………………. Arte Poética Que golpeie e golpeie até que ninguém possa já se fazer de surdo que … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

É tão fácil entender uma mulher!!!


Recebi por email e não queria rir sozinha…rsrsrs É tão fácil entender uma mulher

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ayer, por Mario Benedetti


Ayer pasó el pasado lentamente con su vacilación definitiva sabiéndote infeliz y a la deriva con tus dudas selladas en la frente ayer pasó el pasado por el puente y se llevó tu libertad cautiva cambiando su silencio en carne viva por tus leves alarmas de inocente ayer pasó el pasado con su historia y su deshilachada incertidumbre/ con su huella de espanto y de reproche fue haciendo del dolor una … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Todavía, por Mario Benedetti


No lo creo todavía estás llegando a mi lado y la noche es un puñado de estrellas y de alegría palpo gusto escucho y veo tu rostro tu paso largo tus manos y sin embargo todavía no lo creo tu … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

Apaixonei-me.


“A mulher elegante está constantemente apaixonada… por si mesma.” (La Rochefoucauld) Apaixonei-me por mim, ou melhor, reapaixonei-me. Redescobri facetas pitorescas que realmente fizeram com que me reinteressasse por mim. Apaixonada por mim, admiro-me todos os dias, penso em mim com constância … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , | Deixe um comentário

Rostro de Vos, por Mario Benedetti


Tengo una soledad tan concurrida tan llena de nostalgias y de rostros de vos de adioses hace tiempo y besos bienvenidos de primeras de cambio y de último vagón. Tengo una soledad tan concurrida que puedo organizarla como una procesión … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Intimidad, por Mario Benedetti


Soñamos juntos juntos despertamos el tiempo hace o deshace mientras tanto no le importan tu sueño ni mi sueño somos torpes o demasiado cautos pensamos que no cae esa gaviota creemos que es eterno este conjuro que la batalla es … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Poema do (Rec)(Exp)(Rep)U(l)sas


Como pode o amor ser uma condenação? Como pode uma alegria virar dor, Um sorriso virar em navalha a cor Uma desesperança de salvação… Como podemos aqui chegar? Tu comigo sonhavas distante Teu desejo sem ser lacerante Não creste na … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Sapato de Mulher


Um calçado de mulher Em seda, cetim ou cristal Um aparato infernal Em que uma flor lhe põe o pé Um calçado de mulher   Em vitrines me perdi   Rubro, Prata, aprendiz Toda feminina quer Um sapato de mulher … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Mundo Feminino | Marcado com , , , , | 2 Comentários