Arquivo do mês: janeiro 2015

Linhas e Séries


“Se desejos fossem cavalos… … mendigos cavalgariam.” (The Originals – Elijah & Klaus – #2nd season #9ep)

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

Fernando Pessoa


Pobre velha música! Não sei porque agrado, Enche-se de lágrimas Meu olhar parado. Recordo outro ouvir-te. Não sei se te ouvi Nessa minha infância Que me lembra em ti. Com que ânsia tão raiva Quero aquele outrora! E eu era … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Seguir ou seguir (ou Desilusão)


Esconder-me de mim Já que não pode partir O que precisa sair Alma que chora Coração implora Me deixe seguir… Já não temos o passado Deixamos de lado Aquela esperança De que o que chamamos amor Pudesse ser flor A … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Poema da Tradução da Chuva


Se de manhã a chuva cai Como mil pedaços de algodão, É porque aqui se esvai Arrependimentos do coração. Se ela cai forte, retumbante, Sem piedade ao forasteiro, A quem perto ou distante Perturba-se antigo devaneio Agora em dor excruciante. … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Histórias que não Contarei – trechos VII


E a aprendiz escreveu ao mestre Sufi, por quem se apaixonara, e no qual sentia que a atração era recíproca: “Caro mestre, Já esteve em um daqueles momentos em que há tantas coisas que quer dizer, a cabeça e a … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Mundo Feminino | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Os números de 2014


Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog. Aqui está um resumo: A sala de concertos em Sydney, Opera House tem lugar para 2.700 pessoas. Este blog foi visto por cerca de … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

Chances e Escolhas


Nessa vida, há a época das “primeiras chances” e das “segundas chances“… Nesse ínterim, busco minhas próprias chances ao invés das “vagas remanescentes”… É algo meu forçar os meus limites, fazer as minhas escolhas, afinal, nosso lugar é onde nosso … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , | Deixe um comentário