Arquivo do mês: maio 2011

Rudyard Kipling


SE Se és capaz de manter tua calma, quando, todo mundo ao redor já a perdeu e te culpa. De crer em ti quando estão todos duvidando, e para esses no entanto achar uma desculpa. Se és capaz de esperar … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

e.e.cummings


Edward Estlin Cummings e.e.cummings: um poema de amor i carry your heart with me i carry your heart with me (i carry it in my heart) i am never without it (anywhere  i go you go,my dear; and whatever is … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

Biscoitos da Sorte


Ao envolver-se num conflito a única solução está numa lúcida e firme prudência Enquanto permanecer interiormente superior à sua sorte, a felicidade não o abandonará. Inundações são passageiras. Períodos extraordinários também.

Publicado em Diversidades | Deixe um comentário

Trechos de Pessoa


Não tenho ambições nem desejos. ser poeta não é uma ambição minha. É a minha maneira de estar sózinho. … Ou quando uma nuvem passa a mão por cima da luz E corre um silêncio pela erva fora. … Porque … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Poema da Grata Surpresa


Tantas coisas que talvez nunca te diga As coisas que fazes que me petrifica E escandaliza o meu mundo interior. Tanto do que me fazes perceber Tanto do mundo que eu sempre quis ter Tanto que nem sei por onde … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

Poema do Esquecer


Se eu pudesse… eu mudaria, reescreveria, construiria Se eu pudesse… não haveria adeus, nem partida, nem lágrima Se eu pudesse… não teria dificuldade, barreira, diferença Se eu pudesse… tudo seria bom pra você e pra mim Porque o mundo que … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Love’s Usury by John Donne


For every hour that thou wilt spare me now I will allow, Usurious God of Love, twenty to thee, When with my brown my gray hairs equal be; Till then, Love, let my body reign, and let Me travel, sojourn, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

The Dream by John Donne


Dear love, for nothing less than thee Would I have broke this happy dream; It was a theme For reason, much too strong for phantasy: Therefore thou waked’st me wisely; yet My dream thou brok’st not, but continued’st it. Thou art … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

A Última Pauta


É com enorme pesar que vemos a discussão que deveria ser entre idéias virar lapidação de pessoas. Eu vejo todo o alvoroço contra a questão da lei (anti?) homofóbica e de longe, escolho ficar afastada. Explico: Quando os negros quiseram … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Opinião, Política | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O Amor Limitado de John Donne


Algum homem indigno de ser possuidor De amor velho ou novo, sendo ele próprio falso ou fraco, Pensou que a sua dor e vergonha seriam menores Se a sua ira sobre as mulheres descarregasse. E então uma lei nasceu: Que … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias, Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário