Arquivo do mês: outubro 2016

Sentido minúsculo


dia a dia acordar, um após o outro, levantar, trabalhar, correr atrás do ouro. Um valor, não tesouro, que me causa amargura, vou, volto, não ao outro permito a censura. todos os dias automáticos, até da alma o revoar… todos … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Sou nada


Sou um coitada que tenta ser poeta, que tenta ser cronista, uma entusiasta! Que na ânsia de escrever tudo que seja, do belo, interessante elo, que outros queiram ler. Ensaio uma rima solta, Arrisco uma composição… E me vejo em … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

Boicotes


Estava pensando o que imaginam alguns homens que vão causar, falando pornografias como gracejo a uma mulher… Quando um cara ri, come com os olhos e dá um “olá” com tom de “delícia” (do Michel Teló) para uma garota de … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A Marte, com amor


Tenho ganas de fazer-te feliz! Por todas as melancolias que passaste, Quero de todas, abonar-te… Uma a uma terem um fim. Tenho ganas de arrancar-te sorrisos! Largos e miúdos, discretos ou abertos, Quero sorrir-te quando desperto, Natural, sem sacrifícios. E … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Canção do Sonho Acabado por Helenita Scherma


Canção do Sonho Acabado Já tive a rosa do amor – rubra rosa, sem pudor. Cobicei, cheirei, colhi. Mas ela despetalou E outra igual, nunca mais vi. Já vivi mil aventuras, Me embriaguei de alegria! Mas os risos da ventura, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

Seleção


Meu cérebro é tão seletivo quanto meu coração: Pode esquecer-se da maioria…mas há as lembranças que não me deixam na solidão.

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

O Dia Em Que As Pessoas Esqueceram Deus…e a Solução DELE.


Era uma época em que as pessoas já não lembravam de Deus, então, o Todo-Poderoso criou os filhos. Assim, cada vez que alguém diz: “QUEM É RESPONSÁVEL POR FULANA(O)?” um “AI MEU DEUS! O QUE FOI AGORA?!” é ouvido no … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário