Arquivo da tag: separação

O que separa os homens


“Alguns podem estranhar que o homem, esse bípede implume, seja também uma catedral de incertezas. Os dois conceitos – catedral e incerteza – parecem mais distantes entre si do que um par de galáxias. À primeira vista, uma catedral deve … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Seguir ou seguir (ou Desilusão)


Esconder-me de mim Já que não pode partir O que precisa sair Alma que chora Coração implora Me deixe seguir… Já não temos o passado Deixamos de lado Aquela esperança De que o que chamamos amor Pudesse ser flor A … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A gente sabe que ama


Quando acorda feliz porque sonhou com a pessoa, Quando ri sozinho lembrando de algo de que riram juntos, Quando fica nervoso quando vê passar na rua (mesmo que a pessoa não tenha lhe visto!), Quando alguém cita “aquele” nome. A … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Poema Incompleto (ou Aviso da Partida)


E quando eu for para o meu lugar, Onde tudo é rarefeito, Cada criatura em seu aspecto perfeito, Sentirei falta deste sol amarelo. Então lembrarei do teu abraço quente, Da tua pele, lábios ardentes, Que minhas lembranças desenhadas no ar, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Poema da Liberdade


Vou deixar pra sua imaginação O que vou fazer da minha vida. Serei meu mestre e minha medida, Sob apenas a minha contenção . Noite, dia ou puro mistério, Águas revoltas ou bruma sombria, Se estarei repleta ou serei vazia, … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , | Deixe um comentário

A Noite Vem por Milena Di Castro


(Milena Di Castro) Eu ando tão down encolhida no canto Folheando os versos, pequenos enganos Sentindo o vento soprar desafios É tanta mágoa de ninguém Não posso negar o que vejo nas fotos Não há espaço, acho que posso Desculpar-me … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Não Vá!


E O QUE FAREI SE TU TE FORES? O QUE SERÃO OS DIAS? O QUE ME DARÁ AFASIA? TU TENS TODOS OS MEUS AMORES… E O QUE FAREI SE NÃO MAIS TE TIVER? O QUE FAREI DAS MADRUGADAS? O QUE … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Poema do Fim ou da Verdade


E UMA IMENSA VONTADE DE JOGAR TUDO FORA SE APODERA DE MIM E UM ENORME ESTUPOR ME INVADE DILACERANDO-ME A ALMA AFORA E ELEVADO SUFOCAMENTO ME IMPELE A ELEVAR-ME ALÉM DO AGORA CONSCIENTE DE QUE À JORNADA FINAL, SEGUIREI SOZINHA … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário