Arquivo do mês: dezembro 2015

Poesia Sufista II por Rumi


A brisa matinal têm segredos a lhe contar. Não volte a dormir. Você precisa perguntar por aquilo que realmente deseja. Não volte a dormir. As pessoas estão indo e vindo através da soleira onde os dois mundos se tocam. A … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Poesia Sufista de Rumi


Hoje, como qualquer outro dia, nós acordamos desocupados e aflitos. Não abra a porta para o estudo. Guarde seu instrumento musical. Deixe a beleza que amamos ser o que criamos. Existem centenas de maneiras de se ajoelhar e beijar o … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

A grande carruagem por Rumi


Quando vejo sua face, as pedras começam a girar! Você aparece; todo o estudo vagueia. Eu perco meu lugar. A água se torna perolada. O fogo aplaina e não mais destrói. Em sua presença não desejo o que achei que … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Nem corpo nem alma por Rumi


O que eu posso fazer, ó muçulmanos? Eu não me conheço mais. Não sou cristão ou judeu. Nem um islâmico, nem um mago. Não venho nem do Oriente nem do Ocidente. Nem do continente, nem do mar. Tampouco do Manancial … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , | Deixe um comentário

Afinidades por Arthur da Távola


Arthur da Távola A afinidade não é o mais brilhante, mas o mais sutil, delicado e penetrante dos sentimentos. O mais independente. Não importa o tempo, a ausência, os adiamentos, as distâncias, as impossibilidades. Quando há afinidade, qualquer reencontro retoma … Continuar lendo

Publicado em Amizade | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Pensando o “pensamento de rebanho”


Todos criticam a 99a.ovelha… Mas só ela saiu para ver por si só, se o abismo do qual o pastor falava, realmente existia. Assim como as pessoas que acreditavam em um mundo plano com monstros ao fim do mar, prontos … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Pensando Economia e Desenvolvimento


É preciso ajudar os mais necessitados, mas é necessário ajudar os que podem ajudar… É como o tijolo de mão em mão -um elo de participação – até completar a construção.

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Pensando Educação


É extremamente mais fácil criticar e atacar o que não nos convém do que refletir sobre o que nos desafia.

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A Mulher da Fila da Comida


Sabe aquela famosa mulher da fila da comida que deixa todos esperando agoniados porque demora, porque fala com a comida, porque conta as calorias, porque reclama com os atendentes, etc, etc? Pois bem, hoje ela estava com a mãe dela. … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , | Deixe um comentário