Arquivo do mês: julho 2016

Marionete, De autor anônimo – Atribuído a García Márquez


Se por um instante Deus se esquecesse de que sou uma marionete de trapo, e me presenteasse um pedaço de vida, possivelmente não diria tudo o que penso, mas definitivamente pensaria tudo o que digo. Daria valor às coisas, não … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

O véu das lágrimas não cega de Fernando Pessoa


O véu das lágrimas não cega. Vejo, a chorar, O que essa música me entrega — A mãe que eu tinha, o antigo lar, A criança que fui, O horror do tempo, porque flui, O horror da vida, porque é … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

Instantes, de Nadine Stair – Atribuído a Jorge Luís Borges


Se eu pudesse viver novamente a minha vida, na próxima trataria de cometer mais erros. Não tentaria ser tão perfeito, relaxaria mais. Seria mais tolo ainda do que tenho sido; na verdade, bem poucas pessoas levariam a sério. Seria menos … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

NO CAMINHO, COM MAIAKÓVSKI por Eduardo Alves da Costa


Assim como a criança humildemente afaga a imagem do herói, assim me aproximo de ti, Maiakósvki. Não importa o que me possa acontecer por andar ombro a ombro com um poeta soviético. Lendo teus versos, aprendi a ter coragem. Tu … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

Filhos são…


Filhos são aqueles anjos que Deus manda para te fazerem sorrir quando não há motivos para. São esses seres mágicos que conseguem conter numa palavra, um amor maior que o Universo.

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

C’est la vie!


A vida é como o #1 concurso que fiz… E esqueci de acompanhar as chamadas, perdendo o emprego. Hoje, tô modesta no meu emprego público, e a #Petrobrás e seus funcionários, como os jornais noticiam. Em outras palavras: Há coisas … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Deixe um comentário

Minuto de Franqueza ou… Manual de sobrevivência à mim


*não é que eu não saiba ser sociável, é que eu não gosto mesmo, gosto de ser espontânea; *realmente você não tem que conquistar minha empatia, nem eu tenho que ser fingida com você; *tenho mesmo uma personalidade felina, se … Continuar lendo

Publicado em Amizade, Crônicas & Poesias, Diversidades, Opinião, Utilidade Pública | Deixe um comentário

Sacrifício que vira Amor


Há momentos na vida em que a solidão é tão grande que você pensa que é melhor ter qualquer um a não ter ninguém. Há momentos em que você se acha tão autossuficiente, que acredita ninguém precisar. Então há momentos … Continuar lendo

Publicado em Crônicas & Poesias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário