O que me faz humana


O que me faz humana é como sinto sobre você.

É a saudade, o aperto no peito e a desilusão.

É o adeus não dito, é reviver a nossa carnal dança.

O que me faz humana é aceitar a ida,

é deixar que aconteça o desapego,

é o choro contido na madrugada

ou as lágrimas que descem num passeio.

O que me faz humana é te sentir aqui.

É lembrar o cheiro, é afastar a mágoa,

É pensar nas brigas e no mandar às favas!

O que me faz humana é você.

É tudo o que eu neguei a existência inteira,

é não negar que ser humano é bom,

é ter esperança no que parece perdido,

é saber que ser humano é ser como criança.

O que me faz humana é ter me jogado em teus braços

mesmo tendo medo, mesmo desconfiando do porvir.

É aceitar o que eu vejo como defeito,

como uma oportunidade para sorrir.

O que me faz humana é o que me redime.

Eu, mais uma caída, mais uma precisando de salvação.

O que me faz humana é querer e aceitar você.

O que me faz humana é o teu perdão.

O que me faz humana é sentir, em paz, o teu não.

Anúncios

Sobre Carmen Goncalves

Entusiasta da Arte de Escrever!
Esse post foi publicado em Crônicas & Poesias e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

O que isso lhe fez Pensar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s