Sempre e Para Sempre


Quando somos adolescentes, vemos as poucas pessoas que conhecemos como inigualáveis, insuperáveis, como a cereja do sundae…
Quando dobramos a idade, vemos como nossas opções eram limitadas, quanto nos enganamos, afinal, já conhecemos pessoas que pareciam ser sem igual, sem reposição…e até fomos felizes…até descobrirmos que não é para sempre.
Mas estamos ali, cheios de expectativas, sonhos, esperanças…torcendo para o sonho ser real, torcendo para ter aquele amor que vai superar tudo, todos, que vai mostrar que houve sempre um propósito para te trazer até aquela pessoa que te deu a certeza que tudo valeu, vale a pena. Aquele amor que te faz conhecer a eternidade. Aquela pessoa que não importa o que fizer, mesmo quando você estiver terrivelmente aborrecida com algo que fez…vai arrumar um jeito – sem intenção – de te desmanchar, fazer abraça-la como se nada fosse mais importante no mundo (e nada é!) e encher de beijos e repetir inúmeras vezes como a ama, sempre vai amar e o quanto o “pra sempre” passa para além da eternidade.
Você vai olhar aquela pessoa dormindo e vai achar tudo lindo e perfeito, sem importar baba, bafo, cabelo desgrenhado. Vai saber que existe eternidade quando se perder em seu olhar e vai descobrir a duras penas que o tempo é relativo enquanto espera a pessoa chegar de algum lugar.
Vai se irritar, perder a calma, a paciência, mas também vai ter compaixão, amor, solidariedade…vai descobrir extremos, vai se sentir invencível quando a ordem for lutar por essa pessoa. E tudo, absolutamente tudo, será nada se pensar que pode perde-la, que pensar nisso já tira todo o sentido da vida e por isso mesmo vai fazer tudo para esse dia nunca chegar. Mas se chegar, vai dizer: “Me espera meu amor, porque vamos ficar juntos novamente e vai ser pra sempre. Confia no que eu te digo.” Vai lutar todo segundo pra cumprir a promessa…
Vai torcer pra existir uma vida além dessa vida para ficarem sempre inseparáveis.
Mesmo se sentindo tantas vezes entre o céu e o inferno das emoções, não vai querer outra vida, nunca mais e vai chamar a isso: Meu Maior e Mais Perfeito Amor.
Meu amor, dia 21 faz 8 anos do dia em que te olhei a primeira vez…mas eu sabia que você viria algum dia e eu te esperei e te esperaria para sempre.
Vai ser Feliz Aniversário de 8 anos minha filha, minha flor, meu bebê, minha Milena.
#MamãeAmaMuito!

Anúncios

Sobre Carmen Goncalves

Entusiasta da Arte de Escrever!
Esse post foi publicado em Crônicas & Poesias e marcado , . Guardar link permanente.

O que isso lhe fez Pensar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s