O Preço da Liberdade


No dia em que escrevo, uma amiga conversava comigo como mudei meu ritmo em 2013.mulher-pensando Causas? Pouco importam. A verdade é que tentar sair duma redoma e ter noção de todo espaço livre, é sempre ou na maioria das vezes, algo que nos faz perder a noção do bom senso. Se isso foi arriscar-me? Também. Eu quis arriscar resgatando uma Carmen de… sei lá… 10 anos atrás, ou parte dela; quis arriscar escrevendo temas que eu não me aventurara antes, algo mais despojado e que as pessoas se interessassem pra ler, mas… seria esse o meu público leitor? Quis retomar uma parte da minha vida que eu havia deixado de lado e, talvez nesse retomar a volta tenha sido maior que a minha percepção de curva, como no dia que tive meu acidente de carro: Eu fugi do perigo iminente, mas não me dei conta que não havia espaço pra curva que ousei e não reagi um pensamento pra executar outra manobra. E ao que algumas coisas indicam, foi 2013 até agora:  Em ritmo de colisão em busca da Liberdade.

Claro que houve coisas positivas, algumas retomadas foram boas, mas até o excesso de segurança é pernicioso, o velho inimigo “orgulho” se aproxima e nos envolve sem percebermos, como a serpente na nova versão de “O Pequeno Príncipe”.

Então, com a chegada do meio do ano, a minha auto-proposta é filtrar. Sim! Filtrar o que dessa curva extrema pode ficar e o que faz parte de uma Carmen que não existe mais na essência, a Carmen que amadureceu, que com as provas da vida aprendeu a envergar sem quebrar, a Carmen que meus amigos têm orgulho e sentem falta, ao invés da “Carmen antes de muitas coisas”.

LighthouseAdmitir e viver o que você é de fato não são coisas simples. Arrancar as máscaras, se dispor a enfrentar as opiniões, julgamentos, dedos em riste… conhecer-se e só se importar com o que de fato conta, não é um trabalho fácil, e sim, às vezes, nos perdemos. Quando as tormentas pressionam, agüentamos, e ficamos tanto tempo algemados àquilo que quando afrouxam ou caem, perdemos o prumo. Admitir que se perdeu o rumo é válido sempre.

No dia em que escrevo este post, dois amigos conversaram muito comigo e um sem saber (?) e outra sabendo do que falava, me lembraram as razões que me formaram, que me fizeram esta Carmen real que causa impacto não por extremos, mas por alma, me lembraram de quem eu realmente sou e a minha veia. Também por palavras simples de pessoas simples em um lugar que fui hoje, a sabedoria expressou-se porque “se estes se calarem, eu vos digo que até as pedras clamarão!” (Lc 19:40) e me lembraram muitas coisas que eu havia esquecido e de extrema importância, coisas que eram minha segurança e que eu esqueci e por isso enfraqueci e fiquei sim insegura, entrando nesse ritmo variável que não define o meu compasso.

O ponto positivo é acertar os ponteiros e se até a construção de Brasília teve seus contratempos mas foram superados e ela está aí pra mostrar o gênio do arquiteto e a ousadia de um presidente que apostou 50 anos em 5… foi o que eu disse pra mim quando divorciei: “vou ser Brasília: 50 anos em 5!”. Bem, tenho 1,5 ano pra alcançar minha meta, diferente de Brasília, após a minha “construção”, quero continuar sendo motivo dedia-internacional-da-mulher positivo orgulho e trabalho contínuo e não ter a imagem que BSB tem (infelizmente!) nos dias de hoje. Estou assumindo aqui, diante de vocês, a meta de ser a Carmen que me propus a ser. Tenham um pouco de paciência, que hei de aprumar-me! (rs). Obrigada a todos que foram pacientes comigo e aos que me ajudaram a ver o caminho e aos que fizeram/fazem parte da minha construção.

Forte Abraço!

(16Maio13)

Anúncios

Sobre Carmen Goncalves

Entusiasta da Arte de Escrever!
Esse post foi publicado em Amizade, Crônicas & Poesias, Mundo Feminino e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

O que isso lhe fez Pensar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s