Atualização…


O Tempo era quatro meses atrás e o texto era esse:

https://carmengoncalves.wordpress.com/2011/03/14/sensacoes-x-sentimentos/

O que mudou? Tudo e Nada.

A parte da indiferença perdeu todo espaço pra parte da vivência: 

Conheci alguém, ainda estou conhecendo. Tenho o que buscava:  compreensão, carinho, amizade, construção de confiança, gentileza, bondade, cultura, conteúdo.

Ainda tem trocentas coisas da minha vida que ele não faz idéia e outras trocentas e uma que não sei da vida dele, mas é algo que leva tempo. Construir leva tempo. E na construção de relacionamentos saudáveis, exige-se tempo, cuidado, dedicação,  paciência… é um adubo. Você estuda o solo e dá do que tem. Germinando, ótimo.  Não germinando, não desista do jardim, é um clássico quadro de ou você troca de  semente, ou troca de adubo. Não existe relação fácil, não existe felizes para sempre, não existe milagre.
Existe doação, abrir mão, coadunar ao invés de contender, contornar ao invés de embirrar. O grande milagre é se superar e conquistar pelo amor e não pela guerra.

A vida nos dá professores maravilhosos que nos provam Day by Day o quanto não sabemos, o quanto precisamos, o quanto não damos. Em todas as pessoas existe material para aprendizado, para crescimento, exemplos do que nunca se deve fazer e do que se  deve persistir por fazer.

Disciplina é outro ingrediente. Disciplinar as emoções, pesar as vantagens e desvantagens de se manter tal ou qual coisa na vida, quando tem rendimento positivo, elevação para o ser, a recompensa vale o trabalho, o esforço, quando não é, ou você escolhe ficar tempo ilimitado, eterno se dedicando, aguando um terreno árido, sulcando uma terra cheia de  pedras, raízes, escolhos, ou você abre mão e prossegue, sabendo que fez a sua parte,  com a consciência tranqüila.

Deixo claro que em nenhum momento falo de cifras, de agregar valor econômico, mais do tipo de tesouro que nunca, ninguém pode tirar de você, só esse é real. Na parte das cifras, tenho aprendido que quanto mais independência, melhor:  Não permita que ninguém lhe meça o caráter, as qualidades, os defeitos pelo que você tem ou pelo que você não tem no banco, na carteira, pelo limite do cartão de crédito ou do cheque especial. Não deixe que lhe valorizem apenas pela casca, seja ela de ouro ou plástica. Não deixe que enxerguem apenas a sua dedicação à academia ou a sua obsessão pela dieta, aliás, nem você deve se medir por isso, ou fazer disso um alvo, não vale, porque passa e rápido.

Olho pra trás e vejo que um dia desses era uma adolescente boba, ingênua e orgulhosa, me prefiro hoje, mais realista, mais de verdade, mais humana. Nunca sabemos tudo, talvez nunca saberemos e tem grande mérito admitir isso, estar disposto ao novo, ao desafio, a crer, a desenvolver.

Seja você, conheça-se, estabeleça suas prioridades, metas, caminhos, ame-se para poder encontrar aquilo que de fato você busca, precisa e merece. Eis a equação:  talvez nem tudo o que queira está apto a merecer ou é o de que precisa pra crescer e a vida é altamente generosa: não permite a ninguém que estacione. A meta é sempre evoluir, melhorar, ascender como criatura.

Quando você fincar os pés no chão mas, manter os olhos no horizonte, sem perder a visão espacial, começará a trilhar a jornada pra uma vida feliz. Ter alguém a seu lado nessa jornada, é conseqüência ou não do seu alvo, do que atraiu pra si.

Sexo vira conseqüência, que nem precisa ser imediata. Vira troca de energias, transmutação, encontro, divisão em multiplicar,  rejuvenescer, ampliar, enfim, o melhor. Nessa escala, o instinto é coadjuvante porque o sentimento transcende. O aqui-agora, inconseqüente, sensorial, não cabe nessa opção de vida, não cabe na verdadeira vida.

Eu quis um companheiro que me enxergasse além, que se interessasse pela minha alma, que conversasse comigo, me entendesse, se importasse. Eu quero alguém que pode chegar aos 80 anos comigo, poderemos não ter mais domínio dos nossos corpos e suas funções e disfunções, mas seremos amigos antes de termos sido amantes e ele continuará amando o que eu sou de fato, ao invés de apenas o que estou agora. Será esse com quem estou agora?
Quem pode saber? Mas sei de algo: começamos pelo caminho certo, com o pé direito, com a consciência, com o aprendizado, com as lições do que já vivemos e isso nos dá o impulso e a crença de persistir no que acreditamos ser o melhor pra nós. Se juntos ou separados, o
tempo mostrará, mas enquanto isso está bom e eu gosto do que tenho e só tenho a  ser grata.

“De amar-te eu me perdi/ De amar-te me esqueci / De largar-te escolhi/ Só então cresci.

E crescendo me encontrei/ Ampliando-me superei/ o medo, o vazio, a falta que você me fez.

Amando-te não me amei./ Deixando-te, de mim me enamorei./ Foi quando você voltou, valendo o tempo que te esperei.”

Carmen Gonçalves.

Anúncios

Sobre Carmen Goncalves

Entusiasta da Arte de Escrever!
Esse post foi publicado em Crônicas & Poesias, Mundo Feminino, Opinião, Pessoal, Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Atualização…

  1. Geísa Marília Santos de Matos disse:

    Gostei mt da reflexão… as coisas que vc escreve me fazem refletir… e crescer…obrigada!

    Curtir

  2. Obrigada Otávia! Bom “vê-la” por aqui! 😀

    Curtir

  3. Otávia disse:

    Adorei….

    Curtir

O que isso lhe fez Pensar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s