Poema dos Olhos Tristes


Quando foi que meus olhos te perderam?

Quando a tempo não atiçaram o desejo

Quando nunca sentiram tua face

Quando nunca te perceberam.

Por que te abandonaste na sombra?

Se esse olhar que perco me guiava

Porque suportou a afronta

Do abismo em que eu vagava?

Tempo que nunca cessa e que espalha

Tempo que me afastou de onde nunca estive

Tempo que  só me farfalhava a falta

Nos dias tristes em que me abstive

Dos teus olhos tristes.

…………………………………………………………………………

Sobre Carmen Goncalves

Entusiasta da Arte de Escrever!
Esse post foi publicado em Crônicas & Poesias e marcado , , , , . Guardar link permanente.

O que isso lhe fez Pensar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s