Carta Pra Você: Por Maiakóvski


Eu não posso meu amor! Não posso citar teu nome, não posso perguntar por ti…
Não posso pensar em ti, não posso te amar, mas eu te amo!!!! E com a alma penitenciada, te escrevo por Maiakóvski:

LÍLITCHKA!
Em lugar de uma carta

Fumo de tabaco rói o ar.
O quarto —
um capítulo do inferno de Krutchônikh. (1)
Recorda —
atrás desta janela
pela primeira vez
apertei tuas mãos, atônito.
Hoje te sentas,
no coração — aço.
Um dia mais
e me expulsarás,
talvez, com zanga.
No teu hall escuro longamente o braço,
trêmulo, se recusa a entrar na manga.
Sairei correndo,
lançarei meu corpo à rua .
Transtornado,
tornado
louco pelo desespero.
Não o consintas,
meu amor, meu bem,
digamos até logo agora.
De qualquer forma
o meu amor
— duro fardo por certo —
pesará sobre ti
onde quer que te encontres.

Deixa que o fel da mágoa ressentida
num último grito estronde.
Quando um boi está morto de trabalho
ele se vai
e se deita na água fria.
Afora o teu amor
para mim
não há mar,
e a dor do teu amor nem a lágrima alivia.

Quando o elefante cansado quer repouso
ele jaz como um rei na areia ardente.
Afora o teu amor
para mim
não há sol,
e eu não sei onde estás e com quem.

Se ela assim torturasse um poeta,
ele trocaria sua amada por dinheiro e glória,
mas a mim
nenhum som me importa
afora o som do teu nome que eu adoro.

E não me lançarei no abismo,
e não beberei veneno,
e não poderei apertar na têmpora o gatilho.
Afora
o teu olhar
nenhuma lâmina me atrai com seu brilho.
Amanhã esquecerás
que eu te pus num pedestal,
que incendiei de amor uma alma livre,

e os dias vãos — rodopiante carnaval —
dispersarão as folhas dos meus livros…
Acaso as folhas secas destes versos
far-te-ão parar,
respiração opressa?

Deixa-me ao menos
arrelvar numa última carícia
teu passo que se apressa.

1916

(Vladímir Maiakóvski – Tradução: Augusto de Campos)

(1) Alusão ao poema “Um jogo no inferno”,
de A. Krutchônikh e V. Khliébnikov.

…………………………………………………………………………………………………………………………..

Há quem diga que a morte de Maiakósvski foi forjada por questões políticas, mas outra versão há que reza que o trio Ossip Brik, Lilya Brik e Maiakóvski foi o estopim para o suicídio do escritor.

Nessa versão, Ossip, casado com Lilya e editor de Maiakóvski, convida-o pra morar em sua casa, diante das parcas condições econômicas do escritor, que apaixona-se e envolve-se com a esposa do editor. Maia, como no poema acima, sente-se conturbado com a situação e com a ciência desta por Ossip, que mesmo sabendo do envolvimento, fingia ignorar por ser interessante financeiramente a publicação de Maiakovski. E este, não conseguia se afastar de Lilya, nem podia viver sem a ajuda editorial e publicitária do esposo da amada.

ONDE VAGAM OS ESPÍRITOS DE WALT WHITMAN E POE?

Onde vagam os espíritos de Walt Whitman e Poe?

Aqui, nesta solidão monótona do existir?

Onde a bala que matou Maiakóvski?

Onde Baco?

Libertação?

Não tenho mais esperança nem dinheiro para o último gole.

Onde o espírito de Pessoa?

Onde Fernando bebeu seu último copo de vinho?

Onde a bala que matou Maiakóvski?

Onde morri?

(Itárcio)

……………………………………………………

A bala de Maiakóvski está aqui. Estou morrendo. Está morrendo o que me aquecia. Cansei de ter esperanças, cansei de ser quente. Entrando na criogenia.

…………………………………………………..

Maiakovski em 1929«Em New York, uma vez, perguntaram ao poeta se era verdade que ele havia feito para seu governo versos sobre carneiros. Maiakovski respondeu: É preferível escrever sobre carneiros para um governo inteligente do que para carneiros sobre um governo idiota.» (pág. 139)

PEIXOTO, Fernando. Maiakovski: Vida e Obra. 3ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986
…………………………………………………….
E vale para além do governo. Vale pra todos.

Sobre Carmen Goncalves

Entusiasta da Arte de Escrever!
Esse post foi publicado em Crônicas & Poesias e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Carta Pra Você: Por Maiakóvski

  1. Gisele Mendez disse:

    Existem coisas que nos parecem indiretas, mas aos olhos alheios são mais que diretas…..são gritantes!!!!!!!

    Curtir

O que isso lhe fez Pensar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s